5 anos de Pilates, Terapias e Alegrias

5 anos de história, muitas conquistas, sonhos realizados e, principalmente, vidas totalmente transformadas. O aniversário da Movimente remete a diversas lembranças sobre como surgiu a ideia de criar um espaço especial para o tratamento da saúde de nossos pacientes de forma integrada, com o equilíbrio entre corpo e mente.

E neste momento tão importante para nós, é hora de compartilhar um pouco desta trajetória com vocês, dividindo como um sonho ganhou forma e, a partir de um trabalho de excelência, se tornou esse espaço tão especial para nós e nossos pacientes.

 

O despertar do sonho de transformar a vida das pessoas

Tudo começou há 13 anos, com o início da experiência profissional da sócia-fundadora da Movimente, a fisioterapeuta Cláudia Oliveira Siqueira. O trabalho em uma empresa de Home Care com pacientes terminais acamados, fundada junto com sua mãe, a preparou para uma visão mais sensível do tratamento de situações delicadas.

A convivência diária com casos de pacientes terminais levou a uma reflexão importante: “Foi olhando para este cenário e percebendo o quanto minha atuação profissional, por melhor que fosse desempenhada, era muito limitada para gerar algum impacto positivo na recuperação da saúde daquelas pessoas. E foi com essa angústia vivida diariamente é que o sonho de atender um público diferente crescia dia a dia”, afirma a fisioterapeuta.

Ela percebia que diversas escolhas de vida, hábitos ruins e outras razões que vão além da explicação científica, em muitos casos, levavam as pessoas a condições precárias de saúde, com doenças crônicas graves e, consequentemente, a quadros terminais.

E foi assim que nasceu a idéia de criar a Movimente. “Eu visualizava um local onde as pessoas pudessem fazer escolhas saudáveis e serem cuidados por profissionais experientes que permitissem com que seus corpos físico e mental pulsassem a saúde que iria refletir uma longevidade com muito mais qualidade de vida”, relembra Cláudia.

 

Vencendo desafios na área de terapias integrativas

Com a idéia em mente de agregar positivamente à vida das pessoas, a fisioterapeuta começou a pesquisar sobre integração de saúde e mente. E encontrou nas terapias integrativas uma oportunidade de solucionar questões que a medicina ocidental tradicional não abordava.

Afinal, as emoções interferem sim no corpo físico. Medo, estresse, frustração, tristeza, raiva, ódio, ansiedade. Todos esses sentimentos trazem impactos negativos em pontos essenciais do organismo, incluindo o desenvolvimento do câncer. Da mesma forma que a alegria, felicidade, prazer, tranquilidade, realização, satisfação, plenitude também auxiliam na prevenção de problemas a longo prazo.

“Mente sã, corpo são”. O corpo é um reflexo daquilo que habita nossas mentes. E foi a partir dos estudos da medicina oriental, principalmente a chinesa, que Cláudia passou a traçar o caminho que seria utilizado na Movimente.

O cenário hoje é bem mais favorável para as terapias integrativas e complementares. “Hoje não são nem mais chamadas de terapias alternativas, pelo tamanho do espaço já conquistado. A ciência já reconhece os inúmeros benefícios que as terapias integrativas promovem na saúde da população”, afirma a profissional.

Além disso, as evidências científicas das melhorias advindas da medicina integrada só fortalecem a área. “Cada dia que passa estas práticas provam o quanto são benéficas, o quanto podem reduzir o consumo de medicamentos químicos, reduzir as chances de piora de doenças crônicas, reduzir os gastos e desgastes com internações hospitalares, reduzir drasticamente a incidência de doenças graves como as crises de pânico e ansiedade, depressão, insônia, dores crônicas e muitas outras”, explica Cláudia.

Para quem não sabe ainda, estão nesse rol os seguintes procedimentos:

Essas práticas, em conjunto, cuidam do corpo e da mente ao mesmo tempo, vendo o ser como algo único e, portanto, precisando de cuidados como um todo e não só no aspecto físico.

Os resultados são tão positivos que o próprio governo reconhece seus benefícios, tal como lembra, orgulhosa, Cláudia: “Podemos citar a grande conquista da implementação de mais 10 práticas integrativas no SUS este ano de 2018. Somando-se às pré-existentes, são agora no total 29 práticas integrativas, onde a acupuntura e a homeopatia são uma das pioneiras. Isso é lindo!”.

Um dos principais desafios desta área é a divisão que ainda se faz entre a “medicina tradicional ocidental” e as “terapias integrativas advindas da medicina oriental”, algo que, segundo a pesquisadora, não deveria acontecer. “Meu pensamento é que devemos juntar o melhor das medicinas do oriente e do ocidente, não dividi-las ou tentar diminuir a ação de uma ou de outra. Todas as formas de tratar a saúde são válidas e elas não se substituem, elas se complementam”, explica Cláudia.

O diferencial da Movimente: cuidados com a saúde em um segundo lar

Para que o paciente se abra para os procedimentos, é preciso que esteja confortável. E isso só é possível oferecendo um espaço diferenciado. Na clínica, a pessoa se sente totalmente acolhida, de forma a sentir confiança no trabalho das profissionais.

Isto porque, para que o tratamento seja efetivo, é necessário que quem está sendo tratado acredite no que está sendo empregado, como um estímulo importante. Por isso, a motivação dos colaboradores está sempre em evidência.

Todos que trabalham no espaço possuem o desejo de estimular o processo de autocura que há dentro de cada pessoa, obtido por meio da sintonia entre corpo e mente estimulada pela equipe.

E este objetivo comum também é um importante diferencial da Movimente. “A motivação de toda a equipe é trazer serviços de alta qualidade para causar impacto de saúde real, mudança de hábitos e escolhas de vida nas pessoas”, afirma Cláudia.

A visão integrada também é primordial entre todos os colaboradores, como esclarece a sócia-fundadora: “enxergamos o corpo humano como um todo, que tem uma mente pensante que precisa vigiar seus pensamentos para não adoecer, que tem um corpo emocional que também precisa estar em equilíbrio, pois ele em desequilíbrio é que leva o corpo físico ao adoecimento e consequentemente um corpo físico forte e saudável, que vai garantir que a pessoa não tenha inflamações no corpo e dores”.

E os próprios pacientes percebem a diferença. Isso é perceptível em relatos feitos após a melhora significativa, tal como este de Ruth Fernandes: “Sou grata a Movimente pelo carinho e cuidado dispensado. Graças ao trabalho da equipe tive uma melhora significativa na minha lombalgia. Percebemos a preocupação de Cláudia com os mínimos detalhes para nos agradar.”

Além disso, há todo um tratamento especializado com foco na pessoa, algo que não é tão comum de ser visto em outros lugares. Ao procurar a clínica, ela passa por uma avaliação minuciosa com uma das profissionais do espaço. Diante do que for apontado, é indicado um plano de tratamento específico para a necessidade dela. Afinal, cada pessoa é um ser único, com necessidades individualizadas.

Outro diferencial é a especialização em Pilates Clínico, uma variação tão diferenciada do tradicional encontrado em academias que, segundo Cláudia, não deveriam nem compartilhar a mesma nomeação.

Pilates feito em academias

 

  • O pilates feito em academias nada mais é, ao meu ver, do que a antiga ginástica localizada. As aulas são lotadas de gente, o instrutor não consegue dar atenção a todos, corrigir ou mesmo aplicar os princípios do método.
  • E como qualquer modalidade, para se atingir objetivos, a frequência de prática é fundamental.
  • Também, nas academias, o pilates está restrito aos exercícios apenas de solo.
  • Em academia não existe uma avaliação pré-pilates específica sendo feita, para ver quais as necessidades do corpo da pessoa e quais exercícios deveriam ou não deveriam ser feitos por cada pessoa.

 

Pilates clínico:

 

  • Ele é ensinado exclusivamente por fisioterapeutas, que são os profissionais do movimento e que estudam as disfunções e biomecânica corporal a fundo, sendo preparados para tratar pessoas de todas as idades com suas limitações.
  • Cada pessoa passa por uma avaliação minuciosa antes de começar a prática. Neste momento avaliamos a postura da pessoa, capacidade física, força, déficits de movimento, fraquezas musculares que podem levar à disfunções, análise dos exames laboratoriais e de imagem, histórico prévio de saúde, estudo aprofundado se já houver algum diagnóstico que comprometa a saúde geral e à partir de então são traçados os objetivos com Pilates, de forma personalizada.
  • Os princípios do método são ensinados individualmente e a progressão depende de cada pessoa e de sua condição física, além da frequência que faz as aulas.
  • Mesmo em uma aula grupal, os exercícios são escolhidos individualmente, de acordo com a necessidade de trabalho de cada pessoa.
  • O Pilates Clínico, além de ser um método excelente de reabilitação, usado por exemplo na continuidade dos tratamentos de fisioterapia e nos casos de problemas de coluna, é também um método super seguro de exercícios físicos, onde as chances de lesão são mínimas, quando acompanhado por profissionais bem experientes, atualizados e qualificados.

 

São esses diferenciais que fazem da Movimente um espaço terapêutico único, que contribui positivamente para a melhoria da qualidade de vida e saúde de nossos pacientes. E, por isso, temos muito orgulho e felicidade de compartilhar essa história com vocês, que também são parte importante deste momento tão especial, quando comemoramos 5 anos de existência!