Sofre com ansiedade? Conheça 3 técnicas que vão te ajudar

A ansiedade é uma emoção normal do ser humano, comum ao se enfrentar algum problema no trabalho, antes de uma prova ou diante de decisões difíceis do dia a dia. No entanto, a ansiedade excessiva pode se tornar uma doença, ou melhor, um distúrbio.

  • Existem vários tipos de distúrbios de ansiedade, entre eles: Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG): ocorre quando a ansiedade persiste por longos períodos de tempo e passa a interferir nas atividades do dia a dia.
  • Síndrome do Pânico: é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo sem motivos aparentes.
  • Fobia Social: caracterizado pelo extremo desconforto e pavor com situações sociais. Pode chegar ao ponto de evitar todo e qualquer contato social.
  • Fobias específicas: quando existe um medo persistente e irracional de um determinado objeto, animal, atividade ou situação que represente pouco ou nenhum perigo real, mas que para a pessoa que sente, provoca ansiedade extrema.
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC): distúrbio psiquiátrico de ansiedade, tendo em sua principal característica a presença de crises recorrentes de pensamentos obsessivos, intrusivos e em algumas pessoas comportamentos compulsivos e repetitivos.
  • Transtorno de estresse pós-traumático: distúrbio de ansiedade que pode ocorrer após situações traumáticas que representaram ameaça à sua vida ou à de terceiros próximos. Ao recordar do fato revive a mesma sensação de dor e sofrimento vivido na primeira vez.

 

 

A ansiedade em excesso é um dos distúrbios que mais afetam pessoas no século XXI. E de acordo com dados da OMS, o Brasil é o país com o maior número de ansiosos no mundo. Seu diagnóstico e tratamento é complicado e, por não ser um distúrbio visível, é muitas vezes negligenciada por familiares e amigos.  Quem é excessivamente ansioso, pode acabar sofrendo com o distúrbio em silêncio e, muitas vezes, evitar falar sobre o assunto ou buscar ajuda. Em alguns casos, nem mesmo a pessoa que sofre o distúrbio de ansiedade se dá conta o quanto os sintomas lhe afetam. Esse é um dos motivos pela demora em buscar ajuda também.

Para quem busca lidar melhor com a ansiedade e sofrer menos, existem algumas técnicas que podem ajudar a reduzir os sintomas e te ajudar a ter uma rotina diária com mais qualidade de vida e menos ansiedade.

Sintomas dos distúrbios de ansiedade

Os distúrbios de ansiedade trazem uma série de gatilhos e efeitos colaterais que podem prejudicar o dia a dia de quem é ansioso. Ficar atento aos sintomas pode te ajudar a procurar tratamento desde o início e assim minimizar seus efeitos. Conheça alguns sintomas desses distúrbios:

  • Enxergar perigo em tudo
  • Descontar os problemas emocionais na comida
  • Querer resoluções imediatas
  • Impulsividade nas ações e decisões
  • Dificuldade para dormir ou insônia
  • Excesso de tensão muscular
  • Medo constante
  • Preocupação exagerada
  • Irritabilidade
  • Problemas de concentração
  • Excesso de preocupação
  • Sintomas físicos como cansaço, falta de ar, tonturas, etc
  • Rejeição ao convívio social e isolamento

Como controlar o transtorno de ansiedade?

Algumas técnicas podem nos ajudar a lidar melhor com estes e outros sintomas. Conheça:

Acupuntura para diminuir a ansiedade

Sim, a acupuntura é uma ótima técnica para combater a ansiedade. Essa prática oriental milenar tem se popularizado em terras brasileiras. Muito recomendada para quem sofre com dores, stress e diversos outros problemas, tem se tornado uma boa aliada no combate a ansiedade, pois atua buscando o equilíbrio da energia, o Qi, responsável por regular a saúde corporal.

Além de sintomas da ansiedade, a acupuntura trata outros problemas, melhorando a qualidade de vida, disposição, humor e vitalidade do paciente. Desse forma, a sensação de bem-estar é prolongada, gerando uma maior felicidade e evitando gatilhos que possam disparar a ansiedade.

Como a Massagem Relaxante atua contra a ansiedade

Uma boa massagem relaxante é capaz de mudar o ânimo de qualquer pessoa. Inclusive para quem sofre com distúrbios de ansiedade. Um dos principais benefícios é a redução do cortisol, hormônio responsável pelo stress e aumento da irritabilidade. Com os níveis de cortisol controlados, a frequência cardíaca diminui, assim como a ansiedade e a hipertensão.


A massagem também atua nos neurotransmissores, liberando a dopamina e a endorfina, que trazem a sensação de bem-estar e de prazer, dois grandes aliados na busca por uma vida sem ansiedade.

Pilates no controle à ansiedade

O pilates é uma atividade física que trabalha voltada para a qualidade de vida dos praticantes. Por isso, a respiração é um dos pilares do Pilates. E saber respirar corretamente é extremamente útil no combate à ansiedade.

Por aperfeiçoar e otimizar a capacidade respiratória do indivíduo, ajuda a evitar que, em um momento de crise de ansiedade, interrompa a respiração. Esse processo de interrompimento bloqueia o diafragma, causando distúrbios como dores de cabeça, dores nas costas, problemas gastrointestinais e aumento da ansiedade.

Quer saber mais sobre como você pode usar do Pilates, da acupuntura, da massagem relaxante e de outras técnicas para combater a ansiedade? Entre em contato com a gente e agende sua avaliação!